Poucos sabem, mas no dia 22 de outubro comemora-se o Dia do Enólogo. Este profissional é responsável por misturar os vinhos bases, ou seja, fazer o blend dos vinhos. É ele quem domina as diversas etapas do preparo da bebida antes de chegar às prateleiras dos pontos de venda, como a análise do terroir, como deve ser feita a irrigação das vinhas, as técnicas de plantio e poda e também a melhor época para a colheita.

Tanta dedicação e conhecimento resulta em vinhos cujo equilíbrio de sabores é percebido pelos sentidos humanos, como cor, paladar, textura e aroma. Essa alquimia acompanha o consumidor em inúmeros momentos da vida, desde a comemoração da chegada de um filho, a conquista de um amor ou de um bem e sobretudo, para festejar à vida. Após todo o cuidado na preparação do vinho, os apreciadores da bebida que desejam ter em casa opções variadas de rótulos precisam cuidar para armazená-los corretamente. Acompanhe a seguir algumas dicas que vão ajuda-lo a cuidar bem do vinho e valorizar o trabalho do enólogo.

1 – Por que devo comprar uma adega climatizada?

Se quiser ter uma boa quantidade de rótulos em casa, você vai precisar guardá-lo de maneira apropriada para não alterar a composição e consequentemente o sabor da bebida. A garrafa tem de ficar em locais com temperatura constante de 13°C a 15°C, com pouca exposição de luz e umidade controlada. Em uma adega é possível garantir esses cuidados por um longo período.

2 – Qual a temperatura correta para programar a adega?

Para manter as propriedades da bebida, programe sempre em 15ºC. Esta temperatura é considerada a ideal para conservar as garrafas e também para o consumo dos tintos.

3 – Devo guardar as garrafas de espumantes, brancos e rosés com a mesma temperatura dos tintos?

Sim, você pode manter todos na adega climatizada. Como os espumantes, brancos e rosés são servidos mais resfriados, coloque a garrafa por alguns minutos no freezer ou mantenha em um balde com água e gelo para diminuir um pouco mais a temperatura da bebida. A Adega Midea com capacidade para 29 garrafas contam com sistema Dual Zone que permite controlar a temperatura individualmente de vinhos brancos e tintos em compartimentos diferentes. É excelente opção para quem deseja ter opções de vinho variados a qualquer momentos.

4 – Qual a taça adequada para cada tipo de vinho?

Esta não é uma regra inflexível para os apreciadores de vinho. Para aproveitar mais da bebida, o recomendado é utilizar a taça flute para os espumantes, pois este formato ajuda a preservar as borbulhas. Os brancos e rosés devem ser servidos nas taças com bordas mais estreitas e de bojo menor. Enquanto que os tintos, nas taças com bojo largo e uma borda mais fechada.

5 – Na hora de servir, devo encher a taça?

Evite encher a taça de vinho para conseguir aproveitar mais da bebida. No caso dos brancos, tintos e rosés sirva cerca de um terço do volume da taça. Desta forma, vai conseguir virar o vinho e liberar os aromas tão bem compostos pelo enólogo e mantemos a temperatura adequada, pois ele não irá esquentar demais dentro do recipiente. Se for degustar um espumante, coloque dois terços do volume.

Leia mais